quarta-feira, 26 de outubro de 2011

"Ilusão Perdida" Pablo Neruda



Florida ilusão que em mim deixaste
a lentidão duma inquietude
vibrando em meu sentir tu juntaste
todos os sonhos da minha juventude.

Depois dum amargor tu afastaste-te,
e a princípio não percebi. Tu partiras
tal como chegaste uma tarde
para alentar meu coração mergulhado

na profundidade dum desencanto.
Depois perfumaste-te com meu pranto,
fiz-te doçura do meu coração,

agora tens aridez de nó,
um novo desencanto, árvore nua
que amanhã se tornará germinação.

Pablo Neruda, in 'Cadernos de Temuco'
Tradução de Albano Martins


3 comentários:

Mia Relógio disse...

ABSOLUTAMENTE LINDO!
BEIJOO

MartinhaMakeupLover disse...

Gostei, muito bonito! :)

Anónimo disse...

Beijokas minha princesa, isto é do tempo e da proximidade da data de aniversário!
Ficamos com uma nostalgia.... uiiiii, a vida passa toda à nossa frente.
Revivemos coisas boas e coisas menos boas, com sorrisos e lágrimas mas pelo menos vivemos!
O mundo e as emoções não nos passaram ao lado, fizemos parte delas!

Enviar um comentário